sábado, 1 de novembro de 2008

Escapadinha

(escrito, mas não publicado na devida altura, teve de sofrer algumas alterações)
Duvidei da existência de uma terceira etapa de férias e, até há muito poucos dias, não me enganei. Tínhamos tudo marcado para ir a Itália passar uma semanita, em Outubro, mas...falhou. Desmarcou-se tudo ainda mais em cima da hora do que a respectiva marcação. De facto, não fomos a Itália, mas aproveitámos dois dias para ir para fora cá dentro, numa escapadinha ao Alto Alentejo. Há que tempos não andava por aquelas bandas!
"Flor da Rosa", junto à vila do Crato, mereceu visita e a Pousada é excelente. Portalegre, onde já tínhamos estado há mais de 25 anos, está rejuvenescida; apenas o Plátano dá sinais de avançada idade (170 anos!), com necessidade de várias "muletas" para se aguentar de pé.

As tapeçarias de Portalegre voltaram a encantar-me, agora instaladas num museu com estrutura interior moderna, aproveitando um edifício antigo. Arraiolos, os seus tapetes, a sua gastronomia e a Pousada de N.ª S.ª da Assunção valeram também uma visita. Pena foi não podermos saborear os petiscos que, nesse dia, estariam no Festival de Gastronomia Regional e no Concurso de empadas. No regresso a casa fomos à descoberta do Fluviário de Mora e, pelo sim pelo não, no caso de não irmos a Itália, sempre vimos Pavia...

3 comentários:

fernanda s.m. disse...

Ai, ai, os petiscos e as EMPADAS de Arraiolos, que saudades, que bons ....
Pavia, com uma igrejita no meio de uma rocha que, dizem, era um menir. Saudades de tantas, tantas voltas por essas terras tão belas. Os campos de Arraiolos são das paisagens que nunca mais esquecerei por serem tão belas e frescas. Lindo passeio fizeram, sim senhor, e ainda bem !

map disse...

A igrejita, ou melhor, capelita é numa anta.
Já há "reportagem" das férias intercaladas 3.
Há muita qualidade de vida naquele Alentejo! Dizem que são "lentos", mas antes assim que stressados...

fernanda s.m. disse...

É uma anta, sim senhor, tens toda a razão ! Estou a «vê-la»...

Mas menires há muitos por esse Alentejo "afora"...