segunda-feira, 14 de setembro de 2009

O comentador "Zangado"

Há muito tempo que estranho as afirmações, sempre pessimistas e maldispostas, do comentador Medina Carreira. Não é que a situação seja de molde a acreditarmos que vivemos num oásis da crise que grassa no mundo, mas ao ouvi-lo, e porque no diagnóstico quase toda a gente concorda com ele, ficamos com a certeza de que não há saída para este triste país, que arrancou para a democracia com muitas décadas de atraso e nem sempre soube aproveitar da melhor maneira as oportunidades que teve.
Ao ler a entrevista que deu à Visão da semana passada, encontrei algumas possíveis razões para algumas das suas posições de zangado, que passo a enumerar: foi educado dos 10 aos 18 anos nos Pupilos do Exército; tirou um Curso médio de Engenharia, contrariamente ao que pretendia (Economia?); cursou Direito, enquanto trabalhador-estudante, porque era o curso que podia tirar naquelas condições. Só mais tarde se dedicou à Economia. Mesmo sem saber nada de psicologia, com este currículum educativo, entendo a sua posição de zangado com a vida.
É no reino da Economia que ele tem soluções para todos os sectores do país. Quem quiser dar-lhe a tal hora e meia de tempo de antena de que ele precisa, contribuirá para fazer entender ao povo o seu programa para o salvar. Disto eu não duvido; agora que esse programa seja aplicável na prática, aí já tenho muitas dúvidas (tenho-as em muitos sectores, felizmente).

3 comentários:

HPINTO disse...

Parabéns Dra. Adelaide, num vídeo que esteve na You Tube via-se o Dr. Medina Carreira a invectivar o Computador Magalhães dizendo mais ou menos isto «isso é uma caixa, não tarda est´
a estragada, o que as crianças portuguesas precisam é de saber ler, escrever e contar».
Muitas pessoas de todas as idades creiem fielmente no que MC diz. Arrisco julgar que o Dr. Mário Soares o terá levado este licenciado em Direito para Ministro das Finanças porque fez fé na sua suposta sabedoria.
Já a comunicação social covida-o porque o bota-abaixo, de Jerónimo a Portas, tem franca audiência.
Como boas propostas para o país esqueçamos MC, as contas dele são aritmética caseira, fazem-se à mão.
Que bom seria se os OCS convidassem o Eng. Roberto Carneiro com os seus estudos, que vem fazendo desde 2001 para 40 países, talvez não tivessem igual audiência, mas teriam substância e futuro.
Um abraço. Hpinto

Rosa dos Ventos disse...

Não gosto de pessimistas, de derrotistas,de iluminados que pensam deter a verdade das soluções para todos os problemas!
Neste país é preciso mudar muita coisa, nisso tem razão mas do que precisamos é de optimismo, de arregaçarmos as mangas, de acreditarmos em nós como povo.
Já passámos por grandes dificuldades e conseguimos sobreviver!

Abraço

Kristal disse...

Faço minhas as palavras da Rosa dos Ventos,mas "arregaçar as mangas",como se andamos todos de mangas curtas? eheheh! Sorria,não seja pessimista,meu Povo!