sexta-feira, 14 de março de 2008

Por uma questão de rigor

Quem só agora entrou neste mundo e não conhece ainda os movimentos de que necessita para sobreviver, facilmente falha. Foi o que me aconteceu e, por uma questão de rigor, tenho de corrigir o que escrevi. Assim, onde se lê sabem, deve ler-se sabe e onde se lê "sabem", deve ler-se "sabe".

1 comentário:

Rosa dos Ventos disse...

Esse rigor de mulher da ciência vai dar-te muito que fazer! ;-))
Quer dizer, tem-te dado muito que fazer.
Isto por uma questão de rigor, apesar da minha área não ser essa...
Abraço